Faltas em agendamento para vacinas de febre amarela têm média de 35%

A média de pacientes que agendam uma data para tomar a vacina de febre amarela, mas não comparecem para receber a dose, chegou a 35% na rede pública de Campinas (SP). De acordo com a Secretaria de Saúde, desde o dia 13 de fevereiro, quando começaram os agendamentos para a imunização no município, pelo menos um terço das pessoas faltaram na marcação e, com

"Faltas em agendamento para vacinas de febre amarela têm média de 35%"