Faltas em agendamento para vacinas de febre amarela têm média de 35%

A média de pacientes que agendam uma data para tomar a vacina de febre amarela, mas não comparecem para receber a dose, chegou a 35% na rede pública de Campinas (SP). De acordo com a Secretaria de Saúde, desde o dia 13 de fevereiro, quando começaram os agendamentos para a imunização no município, pelo menos um terço das pessoas faltaram na marcação e, com isso, 1,5 mil amostras deixaram de ser aplicadas.

Ainda segundo a Prefeitura, o município aplicou 22,8 mil doses da vacina contra febre amarela a partir de 1º de janeiro até 3 de março. Desde a data de início dos agendamentos, foram 8 mil pessoas imunizadas. Nesta quarta-feira (8), o Disk Saúde, unidade de agendamento das vacinas, foram feitos 20 agendamentos, mas apenas cinco pessoas compareceram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *